No mês de novembro sempre tem aquela ansiedade, porque sei que lá vem outra edição da Open House. Ano passado nós também fomos, apesar de ter percebido que ainda não tinha postado!! E tem mais dois posts sobre isso, listado na aba "arquitetura" próxima ao cabeçalho do blog, caso você não saiba de que se trata o evento.

O evento ocorre em dois dias, no segundo final de semana do mês de novembro e ano passado aconteceu nos dias 11 e 12 de novembro. Diferente de 2016, em 2017 só visitamos residências, e apenas no sábado, dia 11. Em 2016 estávamos sem carro e percorremos tudo a pé ou de ônibus; em 2017, pudemos escolher residências situadas em diferentes bairros e fizemos a rota desde nosso bairro até o centro =)

Este post já estava escrito desde o ano passado, mas ainda não tinha sido publicado. Não coloquei detalhes de todos os lugares que fomos porque logicamente minha memória não lembra mais de muita coisa, mas segue um pouquinho do que mais ns chamou atenção na época.

A primeira casa que visitamos, situa-se na Duke Street, em Scarborough [infelizmente não tiramos muitas fotos, porque ficamos muito empolgados... também acabamos esquecendo nossa máquina, e as fotos de celular não ficaram muito boas]. A casa térrea de 1996 passou por transformações resultantes de 3 anos de planejamento por parte dos proprietários, além de mais 1 ano esperando a aprovação da prefeitura para fazer nela um segundo piso. Quando entramos na casa, todo aquele cuidado de vegetação por dentro e por fora, me fizeram pensar que pelo menos um dos dois [refiro-me aos proprietários] é paisagista! E é mesmo! Aqui está o link do site pra vocês conhecerem mais sobre o trabalho dela [http://www.aschersmith.com.au/]. Não tenho informações sobre o arquiteto da casa, ou se o casal de moradores planejou tudo e contratou alguém apenas para colocar no papel...

Área situada na fachada frontal da casa


A suíte do casal

Um cantinho do escritório

Quarto de um dos filhos
Saindo de Sscarborough, fomos pra West Leederville, visitar a casa Nª 10 da Pether Lane. Achamos a entrada da casa bem "decadente", mas depois entedemos que ali era a entrada para o jardim. E QUE jardim! Infelizmente a casa renovada de 1898 não estava aberta pra visitação, mas pude ver um pouquinho dela através das janelas de vidro. O foco ali era o jardim, projetado por Tim Daves Landscaping [https://www.tdl.com.au/]. O novo jardim, com pérgolas, lago, piscina e áreas de convívio se encaixou perfeitamente com as já existentes grandes árvores do local. Sem dúvida, um jardim encantador!



À esquerda, e entrada do jardim.





No próximo fim de semana, dias 10 e 11 de novembro, terá a edição 2018 do evento, e dessa vez prometo passar por aqui antes que minha memória falhe =)

Comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Oi Wesley! Tudo bem por aí? Tbm gostaria muito de voltar a escrever, mas a vida por aqui tá bem corrida 😅

      Eu tava vendo um vídeo da Tasmânia e vi seu comentário por lá . Vc está morando lá?

      Agora em novembro estamos indo passar uns dias na Tasmânia e a gente tava querendo ver com vc umas dicas de algo pra conhecer :) Já demos uma pesquisada, mas sempre é bom perguntar pra quem já mora no local, não eh verdade? :)

      Excluir

Postar um comentário